Posted 1 week ago
Eu preciso de alguém que suporte meus dias ruins, minhas crises, e que acima de tudo, fique.
Protegiar.   (via diminuido)

(Source: protegiar)

Posted 1 week ago
Posted 1 week ago
Anabelle sentia falta de sorrir, logo ela que gostava das coisas mais simples. Logo ela que via beleza onde geralmente não existia, logo ela que tinha o riso frouxo. É, logo ela que nunca se sentiu sozinha assim, está em pedaços pelo chão do seu quarto.
Solstícios de Inverno.   (via expurgar)
Posted 4 weeks ago

universonatural:

A energia é o princípio básico de todo o Universo

Vivemos num mar de energia, vivemos mergulhados nele. Assim como o peixe que pergunta para o outro onde fica o oceano e o outro fala: “Você está no oceano”, ficamos procurando energia e não percebemos que estamos no meio dela.

Posted 4 weeks ago
Posted 1 month ago
Eu só queria que tentassem entender um pouco mais meu jeito. Ele pode não ser o jeito certo, o ideal, mas é um certo tipo de jeito que me faz parte. Eu não saio por aí querendo mudar o jeito das pessoas simplesmente por que elas não agem de acordo com o que eu penso ou da maneira como eu acho que deviam agir. Eu não entendo a maioria delas, mas respeito quanto ao pensar diferente ou oposto do meu. Ninguém lá de cima elaborou um manual ou uma cartilha de como deve se seguir. Até tentam alguns tapinhas de incentivo por determinados caminhos justificados como sendo o grande apontamento da batuta do mestre, mas eu não acredito muito nessas coisas. Daí penso que, não desrespeitando o outro, não invadindo o espaço do próximo, tá tudo certo. Não gosto de como algumas pessoas agem. Abomino determinadas atitudes, a maioria delas aliás, mas nem por isso tenho ou me sinto no direito de tentar mudá-las ou apontar as falhas e erros. Eu acho mesmo é que respeito determinadas coisas demais.
Posted 1 month ago
Tem gente que gosta de desafios. Eu nunca fui desses. Pelo contrário, sempre fiquei olhando o mundo se matar da janela, não querendo participar de batalha alguma. Nunca existiu nada lá fora que me fizesse querer entrar em qualquer espécie de disputa. Meus maiores objetivos sempre foram internos. Meu maior troféu, se é que no meu caso podemos falar em conquistas, foi tentar entender como funciona isso tudo. Tentar entender o mundo e a cabeça das pessoas. Mas fui vendo que as atitudes não condiziam com o que era dito.
(…)
Eu nunca tive vontade de participar dessa vida que era vivida pelos outros. Particularmente não me interessava. Então eu comecei a tentar entender a estratégia do jogo pra poder saber quando poderia conseguir entrar. Porque por mais que não me interessasse, eu não tinha outra alternativa. A gente foi criado pra vencer, fomos doutrinados e domados de um jeito que não nos resta outra alternativa a não ser entrar no ringue e tentar sobreviver. O que cada um de nós faz desde que acorda?? Foi quando eu percebi que jamais ganharia troféu algum. Que nenhuma medalha me seria dada.
Posted 1 month ago
A vida é neutra, o modo que você a vê é reflexo do seu estado interno
Posted 1 month ago
Você controla seus pensamentos ou seus pensamentos controlam você?
Posted 1 month ago
Independente de qualquer coisa, as pessoas vêem o que querem ver e não a verdade em si, então não tente convencer ninguém de nada, só vai gastar energia com isso, deixe que cada um, ao seu tempo, enxergue alem do que antes não podia enxergar.
Posted 1 month ago
O fato é: quem foi educado para nos querer? Quem é seguro o bastante para amar uma mulher que voa? Quem está disposto a nos fazer querer pousar ao seu lado no fim do dia? Quem entende que deitar no seu peito é nossa forma de pedir colo? E que às vezes nós vamos precisar do seu colo e às vezes só vamos querer companhia pra um vinho? Que somos a geração da parceria e não da dependência?
Posted 1 month ago
Ela é do tipo durona
e por mais que eu goste das mais frágeis,
das meigas,
destas que assumem e pedem carinho,
e pedem socorro com o olhar
eu admiro também isso nela
esse jeito durona e disposta a provar que está certa
mesmo nas horas erradas.
É que ela é capaz de chorar num desses anúncios de TV
ou de chutar a bunda de um bêbado mala
de se derreter com uma cena de filme
ou de caminhar sozinha de madrugada procurando a saidera
mas, como muitos, possui um talento incrível pra se deixar levar por gasparzinhos do passado
enquanto dialoga com o silêncio esperando algum conselho
Mas não a culpo por isso.
apesar de tudo é uma boa garota.
Me aquece em dias de frio
e me põe pra dormir até quando faço pirraça
e sabe que gosto de gema mole no café da manhã
e me manda mensagem às 4 da madruga assumindo que tá com saudades
E é daquelas que às vezes não sabe como agir
e veste uma pose de desespero vitorioso
assassinando as unhas e o esmalte dos dentes
enquanto transfere toda a carga de ansiedade prum hambúrguer de picanha
E aí cala os ouvidos pros conselhos pedidos
e fica sem dormir olhando pro teto
pensando e penando
em como dar a volta por cima
É do tipo que só perde prela mesma
e não deixa ninguém mexer no esquema de jogo
pois ela acha que quando a equipe encaixar
e a torcida pegar confiança
os resultados voltarão
eu nem sei mais de nada
mas sei que vou sentir falta dessa garota
Daniel Souza
Posted 1 month ago

"Ela sabia que o que acontece pra um, acontece também pra maior parte da tribo. Nossas vidas não são tão diferentes, embora a gente goste de achar que são."

Charles Bukowski, no livro Mulheres

Posted 1 month ago

Graças a ela enfrentei pela primeira vez meu ser natural enquanto transcorriam meus noventa anos. Descobri que minha obsessão por cada coisa em seu lugar, cada assunto em seu tempo, cada palavra em seu estilo, não era o prêmio merecido de uma mente em ordem, mas, pelo contrário, todo um sistema de simulação inventado por mim para ocultar a desordem da minha natureza. Descobri que não sou disciplinado por virtude, e sim como reação contra minha negligencia; que pareço generoso para encontrar minha mesquinhez, que me faço passar por prudente quando na verdade sou desconfiado e sempre penso o pior, que sou conciliador para não sucumbir às minhas cóleras reprimidas, que só sou pontual para que ninguém saiba como pouco me importa o tempo alheio. Descobri, enfim que o amor não é um estado de alma e sim um signo do zodíaco.”

Gabriel Garcia Márquez, no livro Memória de minhas putas tristes.

Posted 1 month ago

Gosto de gente que tem forte senso de realidade e da dureza da vida, mas que mesmo assim, entra no mundo da fantasia sem reservas.”

C. Marazano